LEIA MAIS

...

Uma pequena discussão acerca do efeito de limpeza dos dentifrícios – 1

Luís A. F. Chaim

Os dentifrícios são compostos por vários ingredientes, que lhes conferem uma série de propriedades, dentre as quais, características abrasivas, detergentes (espumante), consistência cremosa, sabor agradável, sensação de frescor, entre outras.

Uma possível maior efetividade na remoção da placa e de manchas extrínsecas, pode estar associada a presença e tipo de abrasivo contido num dentifrício. Deste modo, os produtos abrasivos compõem uma boa parte dos cremes dentais, com variações em torno de 10 a 50% do seu conteúdo final.

Questões sobre a abrasividade dos dentifrícios e sua importância no desgaste de superfícies dentais, sempre são levantadas.

Já em 1907, Miller observava os efeitos que vários dentifrícios produziam sobre a superfície de dentes extraídos.

Uma das maiores preocupações com o uso de cremes dentais foi durante muito tempo a questão da quantidade de abrasivos, tipos e sua influência na abrasão das superfícies dentais.

Ainda hoje, esta pergunta é feita constantemente pelos nossos pacientes.

Em1984, a American Dental Association (ADA) aconselhou os indivíduos a usarem dentifrícios moderadamente abrasivos como auxiliar da higiene bucal.

A abrasividade em dentifrícios é considerada de acordo a intensidade de abrasão obtida em testes laboratoriais, denominando-se as mais baixas gradações em “suaves” ou ainda “nenhuma” abrasividade, as “médias” e finalmente as “altas” gradações.

  • by drchaim
  • posted at 12:15
  • 22 de julho de 2012